EnglishPortugueseSpanish

Coleta seletiva de Imbituba é suspensa temporariamente

Cooperzimba_destaque
EnglishPortugueseSpanish

Na última sexta-feira (17), a Cooperativa dos Catadores de material reciclável – COOPERZIMBA teve suas atividades embargadas pela Polícia Ambiental em função de um denúncia anônima. O motivo foi inadequada deposição de resíduos no pátio de triagem.

“A Cooperzimba está trabalhando para adequar a estrutura para processar o volume de mais de 7 toneladas de resíduos reciclados por mês na cidade. Há dois anos, houve o comprometimento do Governo Municipal com a construção de um novo centro de triagem, que viesse a suprir a demanda atual. Entretanto, até o presente momento, a obra foi sequer licitada.

Para atenuar a situação, há três meses a Cooperzimba vem utilizando recursos próprios e está fazendo a ampliação do galpão atual para melhorar a condição de trabalho dos cooperados e melhorar o processo de triagem. Porém, fomos surpreendidos com esse embargo”, informa o Presidente da cooperativa, Anselmo.

A Cooperzimba apresentou a defesa no dia 23 de dezembro, mas até agora, segue o embargo da Polícia Ambiental, impossibilitando a coleta. 

Polícia Ambiental embargou a coleta na última sexta-feira (17)
Créditos: Divulgação

Sobre a Cooperzimba

A cooperativa de trabalho dos catadores de material reciclável – COOPERZIMBA – constituída em 2003, rege-se pelos valores e princípios do cooperativismo, pelas disposições legais e pelas diretrizes da autogestão. 

Durante mais de 15 anos, os associados da cooperativa desenvolveram atividades de triagem no Centro de Processamento de Resíduos do município, localizado no bairro de Vila Nova Alvorada. A partir de agosto de 2019, a cooperativa passou a operar também a coleta seletiva de materiais recicláveis no município. 

Com isso, o volume de material depositado no CPR aumentou substancialmente, elevando o número de associados, bem como sua renda. Novas empresas passaram a comprar o material triado, agregando assim um maior valor ao faturamento da cooperativa.

A tabela de coleta de 2022 será informada em breve pela Cooperativa

Hoje, a Cooperzimba trabalha com mais de 30 associados, coletando mais de 90 toneladas de recicláveis por mês, com três veículos de coleta. 

“Vendemos nosso material triado a cerca de seis empresas diferentes, faturando, mensalmente com as vendas, aproximadamente R$ 20 mil. Somos uma das poucas cooperativas de catadores no Brasil que operam a coleta seletiva através de contrato com o município.”

informações do site oficial da cooperativa. 

Manifestação da Prefeitura de Imbituba

Até o momento de fechamento desta matéria, o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Marcelo Maciel ainda não havia se informado dos pormenores do auto da infração. Segundo ele, nesta tarde (23), o titular da pasta se reúne com a Polícia Ambiental Militar para atuar na resolução do problema.

A comunidade segue sem coleta de resíduos recicláveis em Imbituba.

Por: Glaucia da Roas Damazio

Compartilhe com Amor:

contatos

WHATSAPP

(48) 991 100 690

Grupo News

Link para Grupo

E-MAIL

contato@saberesdapraia.com

Suporte Saberes
Enviar