Grupo Garopaba Viva reúne comunidade para debater sobre o Plano Diretor da cidade

Reunião Garopaba Viva_2206 (2)

A comunidade está atenta para as mobilizações em prol do futuro de Garopaba. Na quarta-feira (22), uma reunião aconteceu na sede da Associação Comunitária dos Moradores da Encantada, com cerca de 50 moradores de diversos bairros. A pauta foi a revisão do Plano Diretor de Garopaba.

O Garopaba Viva é um grupo de proteção ambiental a favor do desenvolvimento consciente e equilibrado, com respeito a natureza e seus ecossistemas. Na reunião, a liderança local apresentou os dados sobre a microbacia hidrográfica de Garopaba e seus aspectos geográficos, que apontam a sua fragilidade.

Através de dados técnicos levantados sobre a Lagoa da Encantada e seus afluentes, a comunidade indagou sobre as propostas necessárias de alteração ao Plano Diretor Municipal, no que tange, especialmente ao zoneamento da cidade de Garopaba para uso e ocupação do solo.

Mapa do zoneamento vigente em Garopaba

“A Area de ZESP2, por exemplo, em verde claro, que fica dentro da lagoa e, por períodos do ano fica submersa pela água, por exemplo, conforme o mapa, é uma área que hoje na legislação é passível de loteamento e construção de até 15% da área e dois pavimentos. Neste caso, a ZESP2 no município de Garopaba acaba ferindo a Constituição Federal, Artigo 225 e também a legislação Ambiental”, explica Everton David, Presidente da Comissão de Meio Ambiente da Associação dos Moradores da Encantada e Coordenador do grupo Garopaba Viva, que conta com diversos técnicos para o estudo da área.

Diálogo e propostas de participação ativa na Revisão do Plano Diretor de Garopaba

Após e exposição das informações, os presentes fizeram uma roda de conversa para definir as propostas e ações para uma atuação mais efetiva no processo de Revisão do Plano Diretor de Garopaba. Os moradores que participam das Oficinas Participativas de Revisão do Plano Diretor comentaram que não se sentem atendidos pela metodologia proposta, uma vez que o principal documento norteador do processo, o mapa do zoneamento da cidade, não foi mostrado nos encontros já realizados.

Agora, os moradores organizam suas mobilizações para pedir mais atenção à proteção de áreas sensíveis, como lagos, banhados, dunas e montanhas e uma contribuição efetiva nas propostas de alteração no Plano Diretor de Garopaba. O próximo encontro é no dia 30 de junho, às 19h, na Associação dos Moradores da Encantada.

Saiba mais sobre o processo de Revisão do Plano Diretor de Garopaba

Por Glaucia Rosa Damazio
Redação Saberes

contatos

WHATSAPP

(48) 991 100 690

Grupo News

Link para Grupo

E-MAIL

contato@saberesdapraia.com

Suporte Saberes
Enviar