EnglishPortugueseSpanish

Uma reflexão sobre 08.12 e o conceito aprofundado de Justiça

Justiça
EnglishPortugueseSpanish

O conceito de justiça, segundo o dicionário, é “aquilo que se considera em conformidade com princípios morais e direitos”. Porém, na sociedade que vivemos atualmente, tenho convicção de que princípios morais são mais relativos do que coletivos.

Eu considero injusto que uma mãe arque sozinha com a criação de sua cria, por exemplo. Porém, talvez alguns genitores não considerem esse fato tão injusto assim…

Mas bem, o conceito atual de Justiça ultrapassa a colonização rígida do Direito pelos Romanos – a qual foi totalmente necessária, à época – e traz uma oportunidade de olhar para a Justiça de forma individual e única!

O que é justo pra mim pode não ser pra você e assim sucessivamente.

Pra mim, a Justiça é Sistêmica!

Ela precisa observar o todo, as origens e dinâmicas que envolvem uma situação.

Nenhuma relação/caso/litígio é formada do vazio.

Doa a quem doer, sempre há uma causa (na maioria da vezes oculta) pra que a situação se manifeste.

Leia também: Faça Seu Rolê, Leve Seu Lixo

Pode ser, por exemplo, um genitor que não teve a presença física ou afetiva do pai em sua vida e hoje acredita que a ex parceira pode dar conta dos filhos da mesma forma…

Ou, também, uma genitora que teve excesso de zelo pelos pais desde a infância e acredita que o ex parceiro não mereça receber sanções previstas em lei; ou, qualquer genitor que saía da relação afetiva muito ferido emocionalmente e quer receber do outro/a, custe o que custar, o reparo por essa dor (que jamais será restaurada no Judiciário).

Apesar de todos os pesares, para que haja justiça integral é importante que se observem as origens.

Já não consigo mais analisar uma questão pontualmente, baseada apenas em fatos e aparências, e com a espada em punho, como sugere a imagem tradicional da Deusa Themis.

A Visão Sistêmica me derrubou esse véu do olhar limitado (Graças aos Deuses e Deusas!)

A bem da verdade é que interpreto a sugestão da estátua de forma diferente: de olhos vendados para o que é aparente, busco enxergar além… talvez olhar pra dentro seja um começo.

Enxergar para além do justo e visível, baixando a espada e erguendo a balança, me sugere olhar para os dois lados da questão (ou três, ou dez) e procurar a solução a partir da raiz – é isso que a Visão Sistêmica visa aplicar!

A partir dessa Consciência ampliada, aí sim consigo reerguer a espada e aplicar o que a Constituição Federal – art. 133 – prevê: “O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei”. E ainda incluiria “… da lei e de suas crenças”.

Com fé e amor, Juliane.

Compartilhe com Amor:

contatos

WHATSAPP

(48) 991 100 690

Grupo News

Link para Grupo

E-MAIL

contato@saberesdapraia.com

Suporte Saberes
Enviar